quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Dias difíceis

Por cá tem havido.
Muitos. Noites mal dormidas. Pensamentos recorrentes sobre desistir. Vontade de chegar aos serviços administrativos e denunciar o contrato. Desaparecer daqui. Deixar o ensino.

Eu percebo que o ar ande pouco recomendável cá  no nosso país. Entendo que esse clima desfavorável, de desconfiança e de falta de esperança chegue aos alunos e que com mais ou menos consciência isso se reflicta na sua postura e empenho. Admito que o tempo que vivemos é difícil. Não é agradável ver todos os dias nas notícias que vão cortar mais isto e aquilo e mais além. E que pretendem reduzir os poucos benefícios que ainda vamos tendo.

Também dou de barato que a escola e o ensino são pouco apelativos para quem tem telemóvel, smartphone, duzentos canais, DVD, blueray, iPad, iPod, iPhone, ai-que-não-sei-que-outros-gadgets-mais-posso-comprar, e toda a sorte de parafernálias eletrónicas que se queiram lembrar.

O que não consigo aceitar é a falta de educação, as faltas de respeito e os comportamentos insolentes e mal-educados.

Sim, eu sei que as coisas têm a importância que lhes damos. Acontece que eu levo o meu trabalho a sério. Resultado? Estou a sentir-me incapaz de lidar com estes garotos.

Há solução? Claro! Mentalizar-me que já passei por pior. Que dentro em breve posso estar a embarcar numa nova aventura. Se não foi um casamento e um divórcio, o estar prestes a ser "depenado" para me livrar de um peso-morto que arrasto há mais de um ano, o ter uma doença crónica e ter estado internado umas quantas vezes, o andar pelo país há quinze anos com a casa às costas, longe de família e amigos; se não foi nada disto que me matou, não vão ser estes garotos que me vão quebrar. Não sei como, mas hei-de arranjar forma de resistir.

Isto não é uma guerra. Mas parece!


4 comentários:

  1. É isso mesmo!!! Que orgulho... :)

    (lobita)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Orgulho por te ter ao meu lado. Orgulho por me teres escolhido. Orgulho por quereres construir comigo um projecto de vida. Isso sim é orgulho!

      Eliminar